Notícias
O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
Voltar \ SIL 2018: maior feira imobiliária do país vai regressar com novidades e espreita recordes

SIL 2018: maior feira imobiliária do país vai regressar com novidades e espreita recordes

19 abr 2018
SIL 2018: maior feira imobiliária do país vai regressar com novidades e espreita recordes
Geral
O regresso da maior feira imobiliária do país já tem data marcada. O SIL 2018 vai realizar-se de 3 a 7 de outubro e promete animar o setor e bater novos recordes: são esperados 65.000 visitantes, 350 expositores e 150 investidores.

O regresso da maior feira imobiliária do país já tem data marcada. O Salão Imobiliário de Portugal (SIL) 2018 vai realizar-se de 3 a 7 de outubro na FIL, em Lisboa. E parecem não faltar novidades. A 21ª edição promete animar o setor e bater novos recordes. São esperados 65.000 visitantes, 350 expositores e 150 investidores.

Na sessão de apresentação do SIL 2018, realizada esta quarta-feira (18 de abril), foram divulgadas as principais novidades da edição deste ano. Entre elas estão o SIL- Internacionalização, que pretende ser uma plataforma de dinamização da expansão internacional das empresas portuguesas do setor imobiliário, o Grande Encontro de Investidores Internacionais, com a presença de compradores da França, EUA, Brasil, China, Togo e dos PALOP, o evento mediático “I choose Portugal” (“Eu escolho Portugal”), que contará com a presença de personalidades internacionais que escolheram Portugal para viver, e o SIL Cidades, que se realiza pela primeira vez e que traz como cidade convidada o Seixal.

O presidente desta autarquia, Joaquim Santos, que marcou presença na apresentação, frisou a importância de se promover a região. “As oportunidades também estão na margem Sul”, sublinhou o autarca.

Dedicado à promoção e divulgação deste setor nas cidades do país, o SIL Cidades dividir-se-á na promoção do arrendamento local e prestação de serviços, procurando juntar todas as empresas relacionadas com este setor. Uma novidade que, segundo Sandra Fragoso, gestora do evento, irá permitir às cidades “promover e divulgar os seus projetos para captar investimento”.

"Somos o evento do setor"

“O SIL é pioneiro a internacionalizar o setor”, acrescentou a responsável, recordando o facto do mesmo se ter “feito representar nos últimos meses em várias missões no estrangeiro, cujo objetivo é captar investidores internacionais, especialmente aqueles que mais investem no mercado imobiliário, como franceses, brasileiros e também chineses”. “Este é o único salão que é equiparável às feiras internacionais de referência”, disse, perspetivando uma nova edição de “grande sucesso” para este ano. “Somos o evento do setor”, rematou.

Luís Lima, presidente do Conselho Estratégico do SIL, acredita que a edição "vai ter um sucesso enorme”, motivado, também, pelo bom momento que se vive no setor. “O SIL tem uma particularidade que me é muito querida, até porque foi o salão que se manteve ao longo destes anos todos. A APEMIP sempre apoiou, mesmo num momento de dificuldades. E é isto que nós temos de fazer: projetar Portugal”, disse o responsável.

“Acho estratégico trazer esta novidade das cidades para o SIL. A margem Sul vai ser das zonas do país com maior potencial e capacidade de atração de investimento estrangeiro. Porque está pronta a ser descoberta, porque tem dimensão, porque está perto de Lisboa, entre outras razões”, frisou.

Para Luís Lima, o momento que se vive no imobiliário é positivo. "E quando o setor está em alta não se deve deixar de investir. É quando o mercado está em alta que se deve investir”, concluiu.

Veja Também